top of page

Space X Inspiration4 para a Saúde


Acompanhei aqui dos EUA o lançamento da primeira missão de vôo espacial humano totalmente civil a orbitar, a Inspiration4.


O que tem a ver esta ousada iniciativa de Elon Musk e da tripulação com a saúde?


A missão vai participar de uma iniciativa de pesquisa em saúde inédita para aumentar o conhecimento da humanidade sobre o impacto do vôo espacial no corpo humano. Uma vez em órbita, a tripulação realizará experimentos de pesquisa cuidadosamente selecionados sobre saúde humana e desempenho, que terão aplicações potenciais para a saúde humana na Terra e durante futuros voos espaciais. Além disso, a SpaceX, o Instituto de Pesquisa Translacional para Saúde Espacial (TRISH) do Baylor College of Medicine e os pesquisadores da Weill Cornell Medicine coletarão dados ambientais, biomédicos e amostras biológicas dos quatro membros da tripulação do Inspiration4 antes, durante e depois deste histórico voo espacial.


“A tripulação do Inspiration4 está ansiosa para usar nossa missão para ajudar a construir um futuro melhor para aqueles que o farão nos anos e décadas que virão”, disse Jared Isaacman, comandante civil da missão Inspiration4. “Em toda a história da humanidade, menos de 600 humanos chegaram ao espaço. Estamos orgulhosos de que nosso vôo ajudará a influenciar todos aqueles que viajarão depois de nós e esperamos ver como esta missão ajudará a moldar o início de uma nova era para a exploração espacial. ”


A SpaceX, a TRISH e os investigadores da Weill Cornell Medicine pretendem continuar a ampliar o acesso à pesquisa da medicina espacial, tornando todos os dados biomédicos coletados para a missão Inspiration4 acessíveis por meio de um repositório de dados aberto financiado e supervisionado pela TRISH que pode ser facilmente acessado para fins de pesquisa. Capacitado pelo Programa de Pesquisa Humana da NASA, o TRISH é um instituto virtual que encontra e financia ciência e tecnologia médica disruptiva para reduzir os riscos à saúde e ao desempenho dos exploradores espaciais. A equipe do Inspiration4 conduzirá a seguinte pesquisa patrocinada pela TRISH:


  • Coleta de atividade de ECG, movimento, sono, frequência e ritmo cardíaco, saturação de oxigênio no sangue, ruído de cabine e intensidade de luz.

  • Uma série de testes no aplicativo Cognition projetado para avaliar as mudanças no desempenho comportamental e cognitivo. Este é o mesmo aplicativo que é usado atualmente por astronautas em estudos de pesquisa financiados pela NASA.

  • Varredura de sistemas de órgãos por meio de um dispositivo de ultrassom Butterfly IQ +, projetado com orientação de inteligência artificial para especialistas não médicos. Os dados coletados determinarão se especialistas não médicos podem auto-adquirir imagens de grau clínico sem orientação do suporte terrestre e fornecerão uma linha do tempo das mudanças biológicas antes e durante o voo espacial. Este dispositivo também está sendo testado por astronautas na Estação Espacial Internacional.

  • Coleta e teste capilares durante o vôo espacial para marcadores de função imunológica e inflamação, usando um dispositivo miniaturizado de última geração denominado Imunoensaio de Fluxo Vertical (VFI).

  • Testes de equilíbrio e percepção pré-vôo e imediatamente pós-vôo para medir a adaptação sensório-motora durante mudanças de gravidade. Esses testes são realizados atualmente por astronautas no retorno do voo espacial.

Todos os dados coletados e analisados serão compartilhados em um banco de dados de formato aberto para permitir pesquisas colaborativas maior.


Além disso, a SpaceX está colaborando com investigadores da Weill Cornell Medicine para realizar uma análise longitudinal e multi-omic da tripulação, incluindo genoma, epigenoma, transcriptoma, proteoma, microbioma, metaboloma, exossomo, telômero, célula única V (D) J, imunofenotipagem, mapas de epítopos e análise de transcriptoma espacial. Essas amostras e dados serão adicionados a um Biobanco planejado que conterá amostras congeladas criogenicamente e dados da missão Inspiration4.


A missão que iniciou hoje, dia 15 de setembro e durará três dias numa órbita de 575 km, voando mais longe da Terra do que qualquer vôo espacial humano desde as missões de reparo do Telescópio Espacial Hubble. O objetivo do Inspiration4 é inspirar a humanidade e arrecadar dinheiro para o Hospital de Pesquisa Infantil St. Jude (https://www.stjude.org/get-involved/other-ways/inspiration4.html) .


Porque não poderemos aplicar toda esta tecnologia em casa, e sermos monitorados por um centro médico? Porque não usar uma ultrassom Butterfly IQ + numa aldeia indígena na Amazônia e compartilhar com os médicos no Oiapoque (AP) ou no Chuí (RS)?


O futuro chegou e é rápido. Embarque agora ou fique para a próxima missão.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page